You are currently viewing Por Que ser um Eletricista Industrial hoje em dia?

Por Que ser um Eletricista Industrial hoje em dia?

Eletricista Industrial, se você tem procurado por carreiras na área da eletricidade, pode acabar notando que é muito comum ver um profissional como este sendo citado em vários artigos como sendo a melhor opção.

Mas realmente um eletricista que trabalha em fábricas e indústrias seria algo tão relevante? Teria como confiar neste caminho como sendo a melhor opção para sua carreira?

Hoje queria gastar um tempinho para te orientar e apresentar o fascinante mundo dos eletricistas profissionais da área industrial. Através do trabalho deles muitas coisas são possíveis. E realmente você irá encontrar uma ótima oportunidade de emprego.

Então siga este conteúdo e já aproveite para começar o seu curso eletricista industrial SP. Vamos conferir?

O que é um Eletricista Industrial?

O Eletricista Industrial é um profissional completamente capacitado para atuar em diversas áreas de uma empresa de grande porte. Ele pode tanto manter uma postura atuante com os pequenos reparos do dia a dia. Como por exemplo enxergar defeitos nas tomadas, interruptores e fiação dentro da empresa, como também dar manutenção em grande equipamentos elétricos.

O Eletricista da área das industrias é alguém que está possibilitado a fazer serviços que praticamente nenhum outro profissional seria capaz. Além de exigir um conhecimento técnico muito profundo, este profissional também precisa trabalhar de maneira meticulosa e com bastante responsabilidade.

A eletricidade não é uma brincadeira, e quando colocamos as coisas em níveis industriais tudo acaba realmente elevando a periculosidade. Um choque com tensão 110 volts muitas vezes não proporciona algo maior do que um reflexo muscular. Às vezes levando a uma dor ou desconforto dependendo do tempo em que houve a corrente passando pelo corpo.

Claro, acidentes com este nível de tensão, potência e corrente também podem ser fatais. Afinal de contas, nosso corpo não foi projetado para funcionar como um para raios ou mesmo um fio condutor.

Sendo assim, a minha principal preocupação é que em potências maiores a reação costuma ser muito violenta.

Formação NR10

Por conta deste tipo de risco, o profissional que trabalha diretamente envolvido com vários tipos de empresa se torna alguém que precisa ter um certificado de curso NR10.

A NR10, ou norma regulamentadora 10, é uma orientação legal que permite as pessoas a fazerem seus serviços com eletricidade, principalmente em voltagens maiores, de maneira mais segura.

Ela contém diretrizes e orientações legais para que o profissional seja alguém muito melhor protegido contra situações adversas no ambiente de trabalho.

Podemos contar hoje com estas orientações, que foram tiradas de vários estudos, além de serem selecionadas por profissionais qualificados que realmente estiveram na vanguarda da segurança de todos os eletricistas.

E claro, existem muitas outras normas regulamentadoras que servem cada uma delas para situações específicas. Se você precisa trabalhar em grandes alturas, precisará também de um certificado de NR35, por exemplo.

Esta é uma norma totalmente dedica a proteger profissionais de quedas superiores a 2 metros.

Eu sei, provavelmente ao falar de grandes alturas você deve ter pensado em um penhasco, prédio ou montanha. Entretanto a verdade é que bastam apenas 2 metros de altura para que a queda seja realmente perigosa, e até mesmo mortal.

E claro, existem dezenas de normas que auxiliam várias situações. Desde espaços confinados a até mesmo operações de máquinas pesadas.

Quem está em dia com estas capacitações ganha emprego de maneira mais fácil.

energia-do-sol

Vantagens da profissão

Um outro ponto que precisa ser mencionado é o fato de que um eletricista industrial é uma das maiores remunerações do ramo da eletricidade. Pelo menos quando podemos encontrar pessoas que têm só um certificado livre.

Claro, engenheiros elétricos terão ótimas recompensas por seus estudos ao conseguir um emprego. Entretanto não devemos negar que isto vem de uma posição que dificilmente encontra muitas vagas disponíveis.

Estes cargos mais altos são normalmente os primeiros a serem cortados assim que algum tipo de situação de crise começa. Mesmo os que permanecem possuem uma grande responsabilidade para justificar os seus proventos.

Mas voltando ao eletricista industrial, este é um dos melhores caminhos para em questão de um ano estar recebendo um salário que seja realmente confortável para se viver.

Lembrando que é sempre possível melhorar as suas qualificações, correr atrás de novas oportunidades, e claro, encontrar trabalhos para se fazer nas horas extras.

Como começar?

Bom, neste caso é importante notar, que principalmente por conta do risco e da responsabilidade, é necessário ter uma qualificação válida. Um descuido da sua parte pode travar toda a produção de uma empresa, trazendo prejuízos sérios e até mesmo situações de perigo para os outros colaboradores.

Por isso procure um curso profissionalizante, comece a trabalhar e caso veja que está no caminho certo, tente uma certificação de nível técnico. Ou, se você tiver tempo e condições, pode ir diretamente para uma graduação de engenharia, que será igualmente produtiva.

Conclusão

Se você acha que está pronto e que este é o caminho, não espere, comece a estudar hoje mesmo! Mas não escolha qualquer curso, afinal de contas a sua formação ira contar muitos pontos na hora de uma contratação.

Minha recomendação direta para você é que procure um dos cursos com certificado válido da Engehall. Uma empresa de tradição e referência no ramo.

Hoje é possível conseguir estudar com ele as primeiras aulas sem pagar, só para que você conheça a qualidade do material.

No mais é isso, qualquer dúvida que tiver sobre este ou outra assunto relacionado é só chamar que eu tento te ajudar, ok?

Até a próxima!